quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

BOM 2012

A todos os nossos amigos deixamos um grande abraço e uma boa entrada em 2012! Adiantamos para já que logo no mês de Janeiro, de 27 a 29, estaremos no Fundão com o espectáculo "Reconstruir - Ou o dilema da cidade perfeita" e que logo a seguir em Março, traremos de novo a Lisboa este mesmo espectáculo! Quem não teve oportunidade de ver ou quer rever este espectáculo não perca mais esta oportunidade no mês de Março em Lisboa! Mais noticias em breve! BOM 2012!!!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Crinabel Teatro em 2012

Para além de duas novas criações, a 4ª edição do Laboratório Teatral "Da Ideia ao Objecto" e a digressão do espectaculo "Reconstruir - Ou o dilema da cidade perfeita" em 2012 traremos uma nova proposta, o Laboratório de Dança - "Estudos do corpo e do movimento" coordenado por Lysandra Domingues. Até breve!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Reconstruir - Ou o dilema da cidade perfeita no Teatro da Comuna em Lisboa


Reconstruir - Ou o dilema da cidade perfeita
Criação Colectiva do grupo Crinabel Teatro
Encenação de Marco Paiva
De quinta a sábado ás 21h30 e Domingo ás 17h00

Até dia 4 de Dezembro na Sala 1 do Teatro da Comuna

A não perder!


Já estreamos com casa cheia no Teatro da Comuna! Ficamos até dia 4 de Dezembro de quinta a sábado ás 21h30 e domingos ás 17h00!
Marcações pelo numero 96 4693527!

A NÃO PERDER!
http://www.flickr.com/photos/politecnicodoporto/sets/72157628020168898/

domingo, 2 de outubro de 2011

Reconstruir - Ou o dilema da cidade perfeita

Estreia a 27 de Outubro no Teatro Helena Sá e Costa no Porto.

A não perder!
video

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Crinabel Teatro em Évora a 13 de Outubro

Caros amigos,

"Auto das Fadas" de Gil Vicente e "Um Monólogo" de Gregory Motton - Dia 13 de Outubro a partir das 21h00
Teatro Garcia de Resende em Évora


Até Breve!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Crinabel Teatro em 2010/2011

Projectos de formação e educação levados a cabo em 2010/2011


Projecto Proskills - The arts as a means of developing key and soft skills

in disadvantaged adults - Manual de boas práticas de intervenção, desenvolvido por instituições de Portugal, Espanha, Itália, Lituânia, Turquia e Grécia.

Vou construir o meu Teatro - Laboratório teatral itinerante, para alunos do 1º ciclo.

Da Ideia ao Objecto - Laboratório teatral em regime de residência para técnicos de ensino especial. (Duas edições)

Criações Teatrais nos anos de 2010/2011

Fragmentos de um Corpo Só - A partir de Franz Kafka, Gogol e Fernando Pessoa, encenação de Marco Paiva - Co-Produção com o grupo Era Uma Vez... Teatro.

Um Monólogo - De Gregory Motton, encenação de Marco Paiva, com António Coutinho.

Auto das Fadas - De Gil Vicente, encenação de Marco Paiva, com Sérgio Gonçalves, Manuela Ferreira, Tomás de Almeida, João Pedro Conceição, Rui Fonseca, António Coutinho, João Leon, Carolina Sousa Mendes, Joana Ivo Cruz, Ana Teixeira, Carlos Jorge, Filipe Madeira, Andreia Farinha, Ana Isabel Dias.

Reconstruir - Ou o dilema da cidade perfeita - Criação Colectiva, encenação de Marco Paiva, com com Sérgio Gonçalves, Manuela Ferreira, Tomás de Almeida, João Pedro Conceição, Rui Fonseca, António Coutinho, João Leon, Carolina Sousa Mendes, Joana Ivo Cruz, Ana Teixeira, Carlos Jorge, Filipe Madeira, Andreia Farinha, Ana Isabel Dias e Nelson Moniz.

Com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, da Câmara Municipal de Lisboa, da Junta de Freguesia do Lumiar, da junta de Freguesia de S. Mamede e a Junta de Freguesia de S. Paulo

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Prémio ao grupo Crinabel Teatro

A Instituição Clínica da Educação, a partir do seu projecto de responsabilidade social "Sorrir na educação", que reconhece o mérito educativo de várias instituições relacionadas com a área da educação, decidiu atribuir este ano o prémio Reconhecimento de Mérito 2011, ao projecto Crinabel Teatro, pelas iniciativas ligadas a formação e educação que temos levado a cabo nos últimos anos.

A Gala de solidariedade “Sorrir na Educação”, acontecerá no dia 11 de Outubro no Teatro S.Luiz, em Lisboa! O coordenador do projecto, Marco Paiva estará presente para falar um pouco mais sobre o grupo e as iniciativas ligadas á formação e educação, que têm sido levadas a cabo. À Clínica da Educação, o nosso muito obrigado!

Até Breve!

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Até Setembro

Desejamos a todos umas boas férias. Voltamos em Setembro com um novo espectáculo!

Até breve

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Espectáculos 2012

A agendar 2012 - Contactos para a marcação de espectáculo:
crinateatro@gmail.com
00351 964693527

Até breve!

sexta-feira, 1 de julho de 2011

AGENDA CRINABEL TEATRO - 2011

Auto das Fadas, de Gil Vicente - Dia 6 de Julho na Casa da Musica de Óbidos pelas 14h00

Comunicação "Para lá do Muro" - Dia 21 de Julho no Centro Cultural de Carnide pelas 11h00 - Escola Criativa de Verão - Criatividade e Inclusão

Auto das Fadas, de Gil Vicente - Dia 13 de Outubro no Teatro Garcia de Resende em Évora pelas 21h00

Um Monólogo, de Gregory Motton - Dia 13 de Outubro no Teatro Garcia de Resende em Évora pelas 21h30

Reconstruir - Ou o dilema da Cidade perfeita - Estreia a 27 de Outubro no Teatro Helena Sá e Costa no Porto

Laboratório Teatral "Da Ideia ao Objecto" 2ª Edição - De 7 a 12 de Novembro (Local a definir)

Reconstruir - Ou o dilema da Cidade perfeita - de 21 de Novembro a 4 de Dezembro no Teatro da Comuna em Lisboa

Um Monólogo, de Gregory Motton - Dia 3 de Dezembro no Auditório Municipal de Fafe

segunda-feira, 20 de junho de 2011

2ª Edição do Laboratório Teatral "Da Ideia ao Objecto"

Caros amigos,
tendo em conta o êxito da sua 1ª edição, está já a ser agendada para o mês de Novembro a 2ª Edição do laboratório teatral "Da Ideia ao Objecto", dirigido a técnicos de Ensino Especial. Esta segunda edição conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e será dirigido pelo actor, encenador e coordenador do projecto Crinabel Teatro Marco Paiva. A formação decorrerá em regime de residência durante 6 dias.
Mais informações em breve!!

Auto das Fadas de Gil Vicente em óbidos

Caros amigos o projecto Crinabel Teatro, levará à Casa da Musica em óbidos, no proximo dia 6 de Julho pelas 14h00, o espectaculo Auto das Fadas, de Gil Vicente, com encenação de Marco Paiva.
Quem estiver por perto será bem vindo!

Até breve!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Crinabel Teatro - Agenda dos proximos dias

Dia 9 de Maio - Debate e visionamento do documentário de Bruno Cabral "Metamorfoses" na Escola Secundaria da Portela - 15h30

Dia 21 de Maio - Comunicação de Marco Paiva "Para lá do Muro - Crinabel Teatro" na Escola Superior de Educação de Lisboa - 14h00

Dia 22 de Maio - Estreia do Espectáculo " Auto das Fadas" de Gil Vicente, encenação de Marco Paiva (Publico Juvenil) no Cine-Teatro de Loures - 17h00

Dia 3 de Junho - Um Monologo, de Gregory Motton, encenação de Marco Paiva, com António Coutinho no Teatro Joaquim de Almeida no Montijo - 21h30

Fim do laboratório teatral "Da Ideia ao Objecto"

Caros amigos,
o laboratório teatral, correu bastante bem. Foi com prazer que vimos nascer numa semana árdua de trabalho, novas propostas e iniciativas que ganharam vida a partir do material que produzimos nesta semana de residência artística. Um grupo fantástico e incansável que aproveitou ao minuto todas as propostas apresentadas.

E em breve mais noticias sobre a segunda edição desta iniciativa e a apresentação em Outubro na cidade do Porto, do espectáculo criado pelo grupo da primeira edição!

A todos um até já!
video

sábado, 30 de abril de 2011

Comunicação Crinabel Teatro - Teatro Espaço Comum - jornadas sobre a criação artística na comunidade - Beja 2011

Comunicação

Inclusão pela Arte

Nos últimos anos, as equipas que trabalham nas mais variadas áreas de intervenção junto de grupos sócias minoritários, têm encontrado constantes variantes nas terminologias e conceitos, aplicados ao enquadramento destas pessoas e projectos na vida social activa.

Um exemplo: nas instituições ligadas à deficiência, as crianças ou meninos (independentemente da faixa etária em questão), passaram a jovens, depois a utentes e agora são denominados clientes das instituições que os recebem.

No que toca ás artes: o teatro feito por pessoas portadoras de deficiência, já foi denominado de Teatro especial, Teatro Social, ou mais recentemente de Teatro Inclusivo, procurando assim sublinhar o enquadramento e a importância destes projectos na afirmação dos deveres e dos direitos da pessoa portadora de deficiência.

A palavra inclusão pressupõem o enquadramento de determinada pessoa colectiva ou singular na dinâmica comum do quotidiano social. E na verdade utilizamos mais vezes do que julgamos, este conceito de inclusão. Na verdade cada um de nós ambiciona de uma ou de outra maneira a possibilidade de inclusão na dinâmica social, participando com aquilo que nos é possível participar profissionalmente ou pessoalmente na orgânica colectiva.

Desde a infância qualquer um de nós, independentemente da sua condição, pretende incluir e ser incluído.

A essência da palavra, julgo ser sempre a mesma, a sua força apenas varia, quando transportada entre contextos.

Denominações...

Eu gosto de pensar em homens e mulheres, em teatro, musica, pintura, dança, e na forte possibilidade de utilizar as diferenças intrínsecas de cada individuo para potenciar o nascimento de um pensamento colectivo e de uma respectiva posição sobre algo.

E de facto a Arte em geral permite esta comunhão.

Em 1986 a quando do nascimento do projecto Crinabel Teatro, o nosso pais, debatia-se ainda mais do que nos dias de hoje, com a dificuldade de encontrar espaços onde a educação, formação e ocupação da pessoas portadora de deficiência se pudesse discutir, estruturar e tornar realidade.

Eram ainda frágeis, as metodologias de intervenção, o trabalho era ainda empírico e urgia a necessidade de encontrar alternativas que possibilitassem não só o desenvolvimento qualitativo da vida destes cidadãos, como também a sua aproximação a uma sociedade da qual estavam profundamente desligados.

As artes vieram desbloquear algumas destas questões. A partir do teatro, da dança, da musica ou da expressão plástica, foi possível encontrar um caminho que permitiu uma exploração da criatividade destas pessoas. E a cima de tudo promoveram uma aproximação à comunidade envolvente e mesmo ás próprias famílias, que encontraram nos seus familiares capacidades até ai desconhecidas.

Os espectáculo ou exposições iam acontecendo cada vez mais fora do muro das instituições e o efeito de contaminação possibilitava que outros núcleos ou instituições ligadas à deficiência reconhecessem os benefícios da utilização das expressões artísticas no desenvolvimento psico/motor destas pessoas e desenvolvessem novos projectos e propostas junto destas populações.

E se em meados dos anos 80 se contavam pelos dedos os projectos de educação pela arte no seio da realidade da deficiência, hoje em dia são inúmeros os projectos válidos e de trabalho continuo. O técnicos que foram chegando a estes projectos trazem já uma formação mais sólida, tanto no campo pedagógico, da deficiência ou mesmo da criação artística o que permitiu um crescimento quantitativo e qualitativo dos projectos e acções desenvolvidas. Mas ainda há muito a fazer...

Contudo, hoje em dia, a discussão em torno destes projectos já não se foca apenas e só nos benefícios educativos e de formação social e individual. Começa-se a discutir e a trabalhar noutros sentidos. Num aperfeiçoamento das técnicas teatrais, numa procura de identidade artística e estética dos projectos, numa busca por uma consciência sobre aquilo que se faz e acima de tudo na estruturação de um discurso e de uma posição dos intervenientes nestas iniciativas naquilo que produzem.

Queremos discutir as sociedades , as culturas e as suas posições éticas e ideológicas, e não encerrarmo-nos na realidade de um grupo social e cremos a cima de tudo que o publico que acompanha estes projectos, veja para alem dos rostos e dos corpos que ali estão à sua frente.

Há sua frente estão Homens e Mulheres que querem discutir o mundo, querem relê-lo querem utilizar a visão e a ideia que tem dele e encontrar as diversas formas de o habitar.

E é este o papel do teatro: se o Teatro se alimenta do que a Humanidade construiu, é necessário encarar essa Humanidade, conscientes da sua pluralidade.

Considero que o Teatro deve tanto aos grandes mitos como ás pequenas historias. Por isso, ele pertence ás gentes e não aos sistemas. A criação e a exploração da criatividade é um direito de qual quer um e a escolha das artes para firmar um discurso sobre a nossa relação com os outros e com nós mesmos é uma opção reservada a cada individuo.

Marco Paiva

Beja, 30 de Abril de 2011

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Crinabel Teatro na Figueira da Foz


Um Monólogo, de Gregory Motton
Encenação de Marco Paiva, com António Coutinho
Dia 2 de Maio pelas 14h30 no Auditório Municipal do Museu da Figueira da Foz
A não perder!

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Primeiro espaço de partilha do Laboratório Teatral "Da Ideia ao Objecto"

Já podem seguir os primeiros passos do laboratório teatral "Da Ideia ao Objecto", que se realizará de 2 a 7 de Maio na Quinta da Fonte Quente, Tocha, e que será dirigido pelo actor e encenador Marco Paiva.

www.daideiaaoobjecto.blogspot.com

Este projecto é uma iniciativa do grupo Crinabel Teatro e da Fundação Calouste Gulbenkian.

Acompanhem-nos nesta viagem.

Até breve

Crinabel Teatro

quinta-feira, 10 de março de 2011

Reconstruir - Ou o dilema da cidade perfeita

"Uma forma cómoda de travar conhecimento com uma cidade é procurar saber como se trabalha, como se ama e como se morre" (Albert Camus) - "Reconstruir - Ou o dilema da cidade perfeita" Criação Crinabel Teatro/Encenação de Marco Paiva - Estreia a 26 de Outubro no Teatro Helena Sá e Costa, Porto

sábado, 5 de março de 2011

"Da Ideia ao Objecto" - Laboratório Teatral

Caros amigos,
tendo em conta o elevado numero de inscrições para o laboratório teatral "Da Ideia ao Objecto", que se realizará na Quinta da Fonte Quente (Tocha), no mês de Maio, tentaremos ainda este ano realizar mais 2 edições desta iniciativa! Para já damos por encerradas as inscrições e iremos concluir a selecção de 15 candidaturas entre as quase 50 inscrições que recebemos.

A todos um até breve!

Crinabel Teatro na Estrada

Crinabel Teatro na Estrada:

- "Um Monologo" de Gregory Motton - 13 de Março - Cine-Teatro de Samora Correia ás 17h

2 de Maio - Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz

3 de Junho - Auditório Joaquim de Almeida no Montijo

- "Perguntas de Um Mendigo que lê" de Bertolt Brecht - 7 de Julho na Casa da Musica de Óbidos

- "Reconstruir - Ou o dilema da cidade perfeita" (Estreia) a partir de Franz Fafka, Albert Camus e Bertolt Brecht - de 25 a 30 de Outubro no Teatro Helena Sá e Costa (Porto) e de 22 de Novembro a 4 de Dezembro no Teatro da Comuna em Lisboa

- "Auto das Fadas" (Estreia) de Gil Vicente - a partir de 8 de Dezembro em Lisboa

Até Breve!

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Um Monólogo - Na Estrada

Um Monólogo, de Gregory Motton - Encenação de Marco Paiva, com António Coutinho.
Dia 17 de Fevereiro no Centro Cultural da Malaposta no Festival Dos Sentidos, promovido pela CEDEMA!

Até Breve!

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Inscrições Abertas para o Laboratório Teatral - Da Ideia ao Objecto - Crinabel Teatro/Fundação Calouste Gulbenkian

Caros amigos,
o grupo Crinabel Teatro e a Fundação Calouste Gulbenkian, irão promover de 2 a 7 de Maio de 2011 o laboratorio teatral Da Ideia ao Objecto, dirigido a técnicos de ensino especial e coordenado pelo actor, encenador e coordenador artístico do projecto Crinabel Teatro, Marco Paiva.
Este laboratório decorrerá em regime de residência artística e tem como objectivo fornecer aos técnicos de ensino especial ferramentas e metodologias artísticas, com a finalidade de potenciar o seu universio criativo, premitindo um crescimento qualitativo das suas propostas artísticas e da sua intervenção junto das populações alvo.
A participação neste laboratório tem um custo de 50 euros que inclui a estadia com pensão completa para todos os dias de residência.
As inscrições serão abertas a nivel nacional (Máximo de 15 participantes). Será necessário que os interessados enviem para o email crinateatro@gmail.com, o seu curriculum vitae e uma pequena carta de motivação até ao dia 15 de Março de 2011.

Para mais informações podem contactar-nos pelo email crinateatro@gmail.com ou pelo numero 96 4693527

A todos um até breve!

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Em breve...


O que fazer quando a cidade que habitamos não nos é suficiente? Quando se torna urgente e vital encontrar um outro espaço para ocupar, dialogar, voltar a tentar? E se agora fosse possivel construir uma cidade diferente a cada dia? Montar e desmontar o quotidiano... as ruas... os edifícios... os conflitos... os diálogos...

E se as cidades vivessem só por uma hora? Seria possivel ficarmos ligados a elas para sempre?


Marco Paiva


Estreia no Porto a 27 de Outubro - Teatro Helena Sá e Costa

Estreia em Lisboa a 23 de Novembro - Teatro da Comuna